quinta-feira, 30 de maio de 2013

Poetar

Um destes dias, com os meus alunos de 7º ano, resolvemos, aproveitando o facto de se assinalar o Dia Internacional das Ideias, realizar um recital de poesia. Porque, felizmente, a maioria destes alunos ainda acredita em impossíveis, ainda sonha, ainda é capaz de se encantar com a magia das palavras e de  se deixar embalar no ritmo dos poemas, o entusiasmo foi muito. Escolhidos os textos, quinze!, aconteceram os ensaios, o acertar de expressão e voz, e, finalmente, chegou a grande manhã. Com algum nervosismo saudável, vi os meus miúdos crescerem dando voz a Gedeão, Vinicius de Moraes, Sophia de Mello Breyner, Ary dos Santos, António Lobo Antunes, entre outros. Gostei de os ver assim, sérios na sua juventude ainda adolescente, a saborear palavras e a descobrir novas formas de ser...
Inventadas por eles foram, também, as frases das t-shirts.
Quando soube que o Prémio Camões fora atribuído a Mia Couto, que bem podia ser o criador do "Poetar" dos meus alunos, não resisti a elogiar os meus miúdos. Todos eles poderiam chegar longe e, por isso mesmo, fico muito infeliz quando encontro desistentes...
Enfim, como dos fracos não reza a história, deixo aqui, num espaço público, os parabéns aos meninos poetas que acreditam (ainda) que Poetar é melhor do que Vadiar!

9 comentários:

  1. Sem dúvida: Poetar é melhor que muitas outras coisas... É dar liberdade ao espírito, é incrementar a creatividade, é desenvolver a imaginação... mas é, acima de tudo, uma forma de amar, de sentir, de compartilhar, de tornar os Homens mais Humanos.

    ResponderEliminar
  2. Fascinante a iniciativa e encantadora a resposta dos alunos.
    Os dois exemplos de Poetar são magnificos e revelam bem o entusiasmo e a imaginação dos mesmos.
    Continuação de bom trabalho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara Gina,
      Muito obrigada pelas suas palavras, dão-nos força para seguir em frente, lutando, sonhando, poetando...
      Com amizade,
      Luísa

      Eliminar
  3. Será que o dr. Crato sabe que a senhora anda a por os meninos a sonhar e a poetar?! Veja lá o que arranja, ainda lhe poem um processo! Poetar vem nas metas? Duvido...

    Fernanda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero bem que ninguém lhe conte...
      Um beijinho
      Luísa

      Eliminar
  4. Vivam os teus alunos, e as tuas ideias! E longa vida à professora dos teus alunos!
    beijos

    ResponderEliminar
  5. S.Martinho de Anta, 18 de Abril de 1962

    INSTRUÇÃO PRIMÁRIA

    Não saibas:imagina...
    Deixa falar o mestre, e devaneia...
    A velhice é que sabe, e apenas sabe
    Que o mar não cabe
    Na poça que a inocência abre na areia.

    Sonha!
    Inventa um alfabeto
    De ilusões...
    Um a-bê-cê secreto
    Que soletres à margem das lições...

    Voa pela janela
    De encontro a qualquer sol que te sorria!
    Asas? Não são precisas:
    Vais ao colo das brisas,
    Aias da fantasia...

    Miguel Torga
    Diário IX

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Torga conheço bem. O seu telurismo alimenta o meu. Obrigada pela partilha!
      Luísa

      Eliminar